Bem Estar » Março Azul-Marinho – conscientização sobre o câncer colorretal.
Bem Estar

Março Azul-Marinho – conscientização sobre o câncer colorretal.

Março azul marinho
A campanha do mês de março é voltada ao debate sobre a prevenção ao câncer colorretal. Você sabe o que é? Saiba mais

Março Azul Marinho é uma campanha criada pela OMS – Organização Mundial da Saúde –  para conscientizar às populações sobre a importância da prevenção do câncer colorretal. Este tipo de câncer está associado ao aparelho intestinal que compreende tumores no intestino grosso, cólon, reto e ânus.

Esse tipo de câncer é um dos mais incidentes do mundo, porém é tratável e curável quando o diagnóstico é feito precocemente.

Aparelho digestivo
Aparelho digestivo

Sintomas do câncer colorretal

São sintomas do câncer colorretal:

  • Diarreia ou constipação.
  • Sensação de que o intestino não é completamente esvaziado.
  • Presença de sangue nas fezes.
  • Dor abdominal tipo cólica, sensação de inchaço abdominal.
  • Cansaço e fadiga.
  • Perda de peso sem um motivo específico.

Esses tipos de cânceres muitas vezes provocam sangramento no aparelho digestivo. Esse fator deve ser bem observado porque a perda de sangue constante pode ocasionar a anemia.

Tais sintomas podem estar associados com outras doenças, como a retocolite ulcerativa, uma doença autoimune e a doença de Chron.

Portanto, sempre que sentir alguma mudança em seu corpo, procure atendimento médico.  

O INCA – Instituto do Câncer, estima que foram diagnosticados 36.360 casos sendo que 17.380 em homens e 18.980 em mulheres.  O câncer colorretal já fez mais de 15.000 vítimas fatais anualmente no Brasil. Veja os sintomas do câncer de intestino no site do INCA

Estima-se que 70% dos cânceres apareçam no reto ou no cólon direito próximo ao apêndice (quando em colorretais familiares – pais e avós que já tiveram a doença. Grande maioria dos casos afeta homens e mulheres na casa dos 50 anos.

As causas do Câncer Colorretal

As principais causas do câncer colorretal são os excessos da vida cotidiana: maus hábitos alimentares (menos fibras e mais gorduras), aumento do sedentarismo, alcoolismo, tabagismo, obesidade, diabetes e mesmo algumas predisposições genéticas.

Prevenção e tratamento

Através de procedimentos como a colonoscopia é possível diagnosticar e mesmo tratar as lesões ocasionadas pelos pólipos (lesões benignas que crescem na parede interna do intestino grosso) com a retirada desses antes de se tornarem malignos.

Quais especialistas devo procurar?

Procure um gastroenterologista ou um proctologista para designar quais os exames mais específicos para serem feitos. Procure observar e anotar todos os sintomas, qual a reincidência e com que frequência eles aparecem.

A LiveHere, especialista em locação de imóveis para universitários, apoia a campanha Março Azul Marinho. Viver bem e saudável é a condição necessária para viver mais feliz!

Veja mais

Deixe uma avaliação!

Classificação 5 / 5. Votos: 1

LiveHere no Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Confira